site-marcia-abreu-advocacia-internacional-direito-imigratorio(1)

Turismo de Vacina

Turismo de Vacina – Por qual motivo precisaremos sair do nosso país para mendigar vacina em outro?

Segundo reportagem publicada no site Melhores Destinos, são vários os países que irão vacinar brasileiros turistas contra o Covid-19.

O Brasil está vacinando de forma lenta, e não há uma uniformidade nesta vacinação em todo o país. Cada Estado tem as suas regras de administração da vacina para sua população, o que faz com que o sul tenha esteja mais lento e o norte talvez mais rápida a administração da vacina.

Após mais de um ano de pandemia, o governo brasileiro criou agora uma Secretaria de enfrentamento á Covid – Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 que fará parte da estrutura do Ministério da Saúde e deverá articular os trabalhos com os Estados e Municípios.

Existe uma falta de articulação federal apontada como uma das principais falhas do governo na estratégia de enfrentamento à pandemia no Brasil.

Segundo o Correio brasiliense informou a secretaria geral do governo que “A secretaria está incumbida de propor diretrizes nacionais e ações de implementação das políticas de saúde para o enfrentamento à covid-19, em articulação com os gestores estaduais, municipais e do Distrito Federal, bem como de definir e coordenar as ações do Plano Nacional da Vacinação contra a Covid-19″

Mas enquanto esperamos ser vacinados no Brasil, e que em alguns estados já faltam vacinas para a segunda dose, o turismo da vacina vem aumentando, principalmente nos EUA. E já há pessoas que dizem que é a melhor solução e que isso só ajudará a desafogar as necessidades brasileiras com relação a vacina.

Os países que tem aceitado vacinar turistas atualmente são: Cuba, Emirados Árabes Unidos, Estados Unidos, Ilhas Maldivas, Israel, Panamá, Romênia e Russia.

Você pode encontrar mais informações nos sites dos Consulados ou Embaixadas brasileiras nestes países, ou acesse aqui

Estamos também a disposição para quaisquer dúvidas.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.